SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau

SIGA ➨Fábio Júnior Venceslau
✍ O objetivo deste é oferecer ao público leitor: informação com veracidade, interpretação competente e pluralidade de opiniões sobre os fatos. Tratando-se de um canal interativo visando promover uma comunicação capaz de contribuir positivamente na vida dos seus seguidores, primando pela imparcialidade e coerência. ☛ Blog Informativo: Estado do Rio Grande do Norte - Brasil

Esse é o seu Blog

Esse é o seu Blog
Todo Dia tem Notícias

Seja mais um dos nossos seguidores do Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau
Blog Siga Fábio Júnior Venceslau

ANTÔNIO MARTINS RN BLOG SIGA FÁBIO JÚNIOR VENCESLAU

ANTÔNIO MARTINS RN BLOG SIGA FÁBIO JÚNIOR VENCESLAU
Ouça a Nossa Rádio Venceslau AM

Ouça a Web Rádio Venceslau A M

Ouça a Web Rádio Venceslau A M
Rádio Venceslau Am Para Ouvir Clique no FlowPlayer

PARA OUVIR A Rádio Venceslau Clique no flowplayer

Ouça a Rádio Venceslau Baixe aqui o Aplicativo para seu celular click na imagem abaixo

Ouça a Rádio Venceslau Baixe aqui o Aplicativo para seu celular click na imagem abaixo
Retransmissão Via/Web 24 Horas no AR - Ouça a Rádio Venceslau agora pelo seu celular- Click em cima desta foto e instale o APP é super fácil e rápido.

FAÇA A SUA PARTE

FAÇA A SUA PARTE
ANUNCIE AQUI NO NOSSO BLOG E VEJA A DIFERENÇA

Clique na imagem para Maiores Informações direto com a GNET

Clique na imagem para Maiores Informações direto com a GNET
Clique na imagem para Maiores Informações direto com a Administração do Blog

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN
CLIQUE NA IMAGEM E ACESSE O SITE DA FEMURN

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE

SEJA TAMBÉM NOSSO ANUNCIANTE
BLOG TODO MUNDO OLHA, TODO DIA TODO MUNDO VER.

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com
E-mail fabiojrvenceslau@gmail. com

Clique na Imagem e visite o Site

Clique na Imagem e visite o Site
Clique na Imagem e visite o Site

.

.
.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau




Governo Robinson propõe que servidor faça empréstimo para receber o 13° salário
z
Em reunião na noite desta quarta-feira (07) com líderes sindicais, a Secretária Chefe da Casa Civil, Tatiana Mendes Cunha, admitiu que o Estado não tem recursos para pagar o 13º salário dos servidores públicos. E fez a sugestão de um empréstimo com o compromisso do próprio Governo do Estado repor o valor ao banco. A folha extra custa aproximadamente R$ 420 milhões.
“Nós estamos tentando construir uma proposta, onde o servidor terá a opção de receber de uma vez o 13º salário ou dividir ao longo do ano e o Estado se responsabilizar de restituir o valor ao banco com os juros”, afirmou Tatiana Mendes Cunha. Com informações de Heitor Gregório.




Michel Temer estreia nesta sexta-feira agenda pelo Norte e Nordeste do país
Temer diz que impeachment é "natural da democracia"
Prestes a completar sete meses na Presidência, sendo quatro meses efetivo no cargo, o presidente Michel Temer fará sua estreia no Nordeste nesta sexta-feira, 9, ainda com receio de manifestações e vaias, uma vez que a região é considerada um dos redutos petistas. Desde que assumiu, Temer já programou e cancelou pelo menos duas agendas na região.
Os compromissos desta sexta-feira foram estimulados por auxiliares com o argumento de que é preciso criar agendas positivas e “sair um pouco do gabinete”. Por isso, com a ajuda do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, na próxima semana Temer deve ir à Região Norte.
Na tentativa de esvaziar possíveis reações, a chefia de gabinete do Planalto segurou a divulgação da agenda oficial até a véspera da viagem. Pelo menos um auxiliar do presidente reconheceu que a iniciativa tinha como intenção privilegiar a imprensa regional que não necessitaria de grandes deslocamentos para realizar a cobertura e que pode focar mais no aspecto positivo da agenda, sem destacar, por exemplo, assuntos nacionais, como a crise política desta semana.
A estreia de Temer começará em Surubim (PE) para inspeção e atos de assinatura na Barragem de Jucazinho. Na sequência, visitará a estação de bombeamento do reservatório do Programa de Integração do Rio São Francisco. Nessa agenda, há inspeções previstas nas cidades de Salgueiro e Floresta, municípios pernambucanos que abrigam o reservatório. Com isso, Temer tenta neutralizar o movimento de Ciro Gomes e do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), contra o governo. Ambos organizam mobilização pela retomada das obras de transposição do rio para combater a seca.
Apesar disso, em Fortaleza, onde Temer estará à tarde, a escolha foi feita para evitar exposição a possíveis manifestantes. Na capital cearense, o presidente assina o decreto de regulamentação da Lei 13.340, referente a liquidação e renegociação de dívidas de crédito rural do Banco do Nordeste. O evento ocorrerá na sede do banco.
O deslocamento do presidente na capital deverá ser feito de helicóptero, justamente para evitar possíveis manifestações.





TCE emite parecer pela aprovação com ressalvas das contas de Robinson Faria
O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) decidiu emitir parecer prévio favorável à aprovação, com ressalvas, das contas do governador Robinson Faria relativas ao exercício financeiro de 2015.
O parecer será enviado para a Assembleia Legislativa do RN, a quem cabe, com base na análise da Corte, julgar as contas do Governo.
O Tribunal de Contas irá abrir processos autônomos para apurar fatos constatados pela equipe técnica, entre eles o descumprimento das exigências legais para abertura de créditos suplementares. Além disso, a decisão estabeleceu a inclusão de quatro temas no Plano de Fiscalização Anual.







Petrobrás sobe preço e impacto na gasolina pode chegar a R$ 0,12/litro
etanol-posto-gasolina-2
Menos de um mês após reduzir o preço da gasolina, a Petrobrás anunciou nesta segunda-feira, 5, reajuste do combustível de 8,1%, em média, em suas refinarias. Para o consumidor final, o litro pode ficar R$ 0,12 mais caro, se o aumento for repassado integralmente. O preço do litro do óleo diesel também subiu: 9,5%, em média na refinaria, ou, se repassado integralmente, R$ 0,17 na bomba. Essa foi a primeira vez que a companhia elevou os preços da gasolina e do diesel desde outubro de 2015.
O aumento foi decidido por um comitê da executivos da empresa, que levou em conta as oscilações da cotação internacional do petróleo e dos seus derivados, além da taxa de câmbio “no período recente”.
A Petrobrás afirmou, em comunicado, que também avaliou “pequenos sinais de recuperação” da sua participação do mercado interno de diesel. E reafirmou que revisará os preços, “pelo menos uma vez a cada 30 dias”, o que lhe garante flexibilidade para se adaptar às movimentações do mercado, dessa vez, pautado pela valorização do preço do barril do petróleo.
Efeito
A última revisão dos preços dos combustíveis, para baixo, ocorreu há menos de um mês, no dia 8 de novembro, quando o preço da gasolina na refinaria foi reduzido em 3,1% e o do óleo diesel, em 10,4%. O consumidor não chegou a ser beneficiado, porque os ganhos se diluíram entre a distribuição e revenda de combustíveis.
Na época, com o fim das eleições presidenciais nos Estados Unidos, analistas já previam a escalada dos preços, mas a estatal optou por baixá-los, com o argumento de que assim preservaria espaço de mercado, que estava sendo tomado por importadores. Essa foi a segunda revisão desde que o presidente da companhia, Pedro Parente, anunciou que os preços seriam avaliados mensalmente e acompanhariam as oscilações internacionais. No dia 14 de outubro, o preço da gasolina caiu 3,2% e o do diesel, 2,7%.
O diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) Adriano Pires avalia a medida como positiva, uma vez que mostra que a política de preços anunciada em outubro está sendo colocada em prática. “A Petrobrás está seguindo a tendência do mercado internacional e mostrando que a diretoria tem autonomia para fazer a política de preços”, afirmou.
O especialista destacou que o anúncio aponta para o fim da interferência do governo na formulação dos preços da gasolina e diesel, que, em sua opinião, foi uma marca do governo petista. “Mostrou claramente que a política de preços agora não é mais feita pelo Ministério da Fazenda, ou seja, não é mais usada para controlar a inflação nem para aumentar a popularidade do governo.”
Pires diz que desde a última queda dos preços houve uma forte desvalorização do real frente ao dólar, resultado da eleição do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Ao mesmo tempo, na semana passada foi anunciado o acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para corte de produção, o primeiro desde 2008. Após isso, destacou, o petróleo subiu mais de 10%.




Resultado de imagem para promoções gifs



Mercadinho São José!
Grandes Promoções!
Venha aproveitar!
Natal de Preços Baixos ate o dia 15 de Dezembro de 2016. 
Mercadinho São José no Bairro Alto da Ema.

Organização: Dito & Euraxsandra Florencio
* Melhor Atendimento
* Entrega Rápida
* As melhores formas de pagamento.
Resultado de imagem para promoções gifs
CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO E CONFIRA TODAS AS OFERTAS E PREÇOS ESPECIAIS 



Resultado de imagem para promoções gifs





Mutirão vai renegociar dívidas de mais de 7,5 mil empresas no RN
As empresas com débitos fiscais e que já foram notificadas pela Receita Federal têm até o dia 11 para fazer o pedido prévio de repactuação das dívidas tributárias sob o risco de serem excluídas do Simples Nacional. No Rio Grande do Norte, mais de 7,5 mil empresas já foram notificadas e correm o risco de sair do regime fiscal simplificado. Esses negócios acumulam uma dívida que soma mais de R$ 225,4 milhões. Para estimular o refinanciamento desses valores, o Sebrae está lançando em todo o país o Mutirão da Renegociação. A mobilização foi apresentada à imprensa potiguar nesta quinta-feira (8) pela diretoria do Sebrae no Rio Grande do Norte.
De acordo com o diretor superintendente da instituição, José Ferreira de Melo Neto, as empresas poderão parcelar as dívidas tributárias em até 120 meses, com parcelas mínimas de R$ 300 e o valor de cada prestação mensal será acrescido de juros equivalentes à Selic mais 1%. Mas as demais regras só serão divulgadas no dia 12, através de uma instrução normativa do Comitê Gestor do Simples estabelecendo as normas e o prazo para a adesão definitiva ao parcelamento. “Mas quem fizer essa adesão prévia terá prioridade na análise dos pedidos desses empreendedores”, argumenta o superintendente.
Zeca Melo, como também é conhecido, afirma que a iniciativa de fazer uma campanha de renegociação é um esforço do Sebrae para dar condições de os pequenos negócios operarem. “Essa é uma das nossas prioridades para 2017. Queremos que essas empresas façam negociações, não só tributárias, mas também com bancos e fornecedores”.
Com o pedido de adesão ao refinanciamento, cujo prazo foi ampliado de 60 para 120 meses pela sanção do Projeto de Lei Complementar (PLC) 25/200, denominado Crescer sem Medo, no fim de outubro, o empresário evita que a empresa entre na dívida ativa e seja excluída do Simples, que chega a reduzir a carga tributária em até 40% e facita o recolhimento de vários impostos em uma única via. O objetivo do Mutirão da Renegociação é estimular que as empresas saiam dessa condição e voltem a operar e movimentar a economia, já que com os débitos a empresa fica impossibilitada de vender e comprar.
“Se 7,5 mil empresas saírem do Simples, que tem uma condição tributária diferenciada, poderemos ter um impacto negativo, principalmente na geração de emprego, já que o saldo de empregos no estado vem sendo mantido pelas empresas de pequeno porte”, explica o diretor técnico do Sebrae-RN, João Hélio Cavalcanti. Também participou do café da manhã o diretor de operações da Instituição, Eduardo Viana, assim como gerentes das unidades do Sebrae e representante da Receita Federal.
Passo a passo
Os contribuintes com dívidas com receberam o formulário de opção na caixa postal do domicílio tributário eletrônico do Simples Nacional. Quem se manifestar favoravelmente ao parcelamento terá a notificação de desligamento, recebida em setembro, automaticamente suspensa.
Poderão solicitar o parcelamento as empresas com débitos até o mês de maio de 2016 e que foram notificadas para exclusão do Simples Nacional em setembro de 2016, em face da existência de débitos tributários, poderá manifestar previamente a opção pelo parcelamento por meio do formulário eletrônico “Opção Prévia ao Parcelamento da LC 155/2016”, disponível na página da Receita Federal na internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br).
Para fazer a opção prévia pelo parcelamento, o empresário deve acessar o link que está disponível em mensagem encaminhada à Caixa Postal do contribuinte, no Portal do Simples Nacional, Serviços, Comunicações, Domicilio Tributário Eletrônico do Simples Nacional, (DTE-SN).
Além do incentivo à adesão ao parcelamento dos débitos tributários, o Mutirão da Renegociação vai orientar os donos de micro e pequenas empresas a procurar bancos, fornecedores e locatários para a quitação das dívidas. De acordo com pesquisa do Sebrae, 8% dos empreendedores que recorreram a empréstimos bancários estão inadimplentes Para ajudar a eliminação dos débitos, o Sebrae disponibilizou um hotsite – http://www.sebrae.com.br/renegociacao/ – com dicas para negociar com os diferentes tipos de credores e com perguntas e respostas sobre a campanha. Além disso, o Call Center do Sebrae (0800 570 0800) e os escritórios regionais estão preparados para auxiliar os empreendedores a acertarem suas contas.









VENCESLAU PEÇASEM PAU DOS FERROS RN









Detran vai ajudar Sejuc a cadastrar presos no RN
O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) e da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), definiram os detalhes do Termo de Cooperação que vão celebrar para registrar a estrutura prisional do Rio Grande do Norte. O Detran/RN vai oferecer a tecnologia atualmente utilizada no banco de dados de condutores para cadastrar quem está no sistema prisional. A previsão é que até o final de Janeiro de 2017 o cadastramento seja iniciado.
O levantamento consiste em um arquivo amplo de todos os dados do sistema penitenciário do Estado, incluindo captura facial, documentação e impressão digital. Essas informações ficarão disponíveis para a Sejuc no sistema semelhante ao que existe hoje no Renach. O objetivo é traçar um panorama geral do sistema carcerário.
O encontro para definir o Termo de Cooperação ocorreu na última terça-feira (6), na Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), com a participação do diretor geral do Detran, Marco Medeiros; do chefe de Gabinete do Detran, Antonio Henrique Câmara; do Procurador do Detran, Mateus Fontenele; do secretário da Sejuc Wallber Virgulino; da chefe de Gabinete da Sejuc, Janaína Xavier e do Secretário Adjunto da Sejuc Rodrigo Rodolfo Rodrigues.







Tudo que você procura em um único lugar. Você Sonha, a Gente Realiza









.


TERMINAL TURÍSTICO NA CIDADE DE ANTÔNIO MARTINS RN









MP investigará se construção de shopping em Pau dos Ferros obedece as normas de segurança
Foi instaurado pelo Representante do Ministério Público da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pau dos Ferros/RN, inquérito civil com a finalidade de apurar se o empreendimento de nome “Plaza Shopping” que está sendo construído em Pau dos Ferros atende as normas de acessibilidade e segurança conforme a NBR 9050:2004;
O Promotor de Justiça Rodrigo Pessoa de Morais, responsável pela investigação, determinou a expedição de ofício ao proprietário do Plaza Shopping, para que o mesmo encaminhe à Promotoria o projeto do empreendimento, esclarecendo se o referido atende as normas de acessibilidade e segurança conforme a legislação.
*GP INFORMATIVO









Na Hora de fazer a sua feira vá direto ao Mercadinho Santo Antônio

Grande Promoção do Mercadinho Santo Antônio
Qualquer compra a partir de R$ 10,00 Reais você concorre há um super Show de Prêmios.
Venha aproveitar
Você pode levar pra casa:
* 01 Fogão 04 Bocas 
* 01 Tv 32 Polegadas
* 01 Ventilador ARNO turbo Silêncio.

*1 lindo Forno Microondas.

Sorteio dia 31 de Dezembro de 2016.

Mercadinho Santo Antônio
Os melhores preços, o lugar onde você compra e pode ganhar muitos prêmios.
Venha conferir os melhores preços da cidade no varejo & no atacado.

Organização: George







Após operação contra fraudes, prédio do MP é arrombado em cidade do RN
A sede do Ministério Público de São José do Campestre, cidade do Agreste potiguar, foi arrombada na madrugada desta quarta-feira (7). Nesta quarta-feira (7) o MP deflagrou uma operação destinada a apurar um esquema de desvio de recursos públicos instalado na prefeitura da cidade. O ex-prefeito foi preso.
De acordo com a assessoria de imprensa do MP, os criminosos entraram pela porta dos fundos e o arrombamento só foi notado quando o vigilante chegou para trabalhar. O prédio fica no centro da cidade. O Itep foi chamado para fazer uma perícia do local. O objetivo é saber o que foi levado.
Após o crime, a sede do Ministério Público suspendeu o funcionamento na cidade. Ainda segundo a assessoria do órgão, a documentação da Operação Démodé já estava em Natal. O MP vai investigar se o arrombamento tem ligações com a operação.









J J PORTÕES EM ANTÔNIO MARTINS RNCLIQUE AQUI NA FOTO PARA VER VÍDEO












Dupla executa homem em mesa de bar em São Miguel
Miguel Pedro da Silva Noronha, de 42 anos de idade, foi assassinado com cerca de 15 disparos de pistolas, 380 e Ponto 40 e morreu no local, por dois desconhecidos em uma motocicleta, características não repassadas a Polícia. O crime aconteceu por volta das 19h00 desta quarta-feira(07), em um bar pertencente ao irmão da vítima, localizado na cidade de São Miguel/RN.
Uma equipe do ITEP/RN compareceu ao local e removeu o corpo para sede do órgão em Mossoró/RN para exames de necropsia.
O delegado de Polícia civil, está trabalhando para identificar os dois homicidas. A vítima teve dois irmãos assassinados há poucos menos de dois meses. Com informações de Nosso Paraná e O Câmera.







JP Borrachas e Parafusos














Após manter cargo, Renan desiste de pautar projeto de abuso de autoridade
Renan Calheiros, presidente do Senado
Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, o peemedebista desistiu de colocar o projeto que atualiza a lei de abuso de autoridade em votação no plenário. Apesar de ter assegurado que o Senado não vai apreciar o tema este ano, Renan não quer recuar ou parecer derrotado, e vai manter o texto na pauta em caráter de urgência.
Principal defensor da proposta, Renan havia incluído o projeto no calendário da Casa há cerca de um mês com previsão de que fosse votado na terça-feira, 6. Ele chegou a realizar debates sobre o tema no plenário com a participação de membros do Judiciário, como o juiz Sergio Moro, e do ministro Gilmar Mendes. Os planos mudaram, entretanto, depois de o ministro Marco Aurélio Mello decidir afastá-lo do cargo no início da semana.
Para tentar apaziguar as relações do Legislativo e Judiciário, o peemedebista deve simplesmente “esquecer” o projeto até o fim do seu mandato, em fevereiro. Na prática, a urgência do projeto não significa que ele precisa ser votado imediatamente. Atualmente, há outras 31 matérias com a mesma característica que dependem de vontade política. Manter a urgência, por outro lado, também deixa o peemedebista com uma carta na manga.
Renan negou que tenha sido costurado um acordo ccom o Judiciário para adiar a votação do projeto. “Sinceramente, o que você imagina? Que é possível fazer acordo com o Supremo Tribunal Federal. Isso é um desrespeito ao Poder”, afirmou.
Ele disse ainda que a urgência de uma votação é decisão dos líderes partidários, e não do presidente. O peemedebista considera que as “circunstâncias políticas” definirão as votações até a próxima quinta-feira, 15, data em que inicia o recesso parlamentar.
Requerimentos. Por causa da forte reação de magistrados, procuradores e da opinião pública contra a proposta, que consideram ser uma forma de retaliação aos investigadores responsáveis pela Operação Lava Jato, diversos parlamentares já consideravam que este não seria o momento adequado para votar a proposta. Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Álvaro Dias (PV-PR) apresentaram requerimentos para retirar a urgência da pauta.
Hoje, os senadores contrários à proposta se calaram diante de Renan, porque ninguém quer se indispor com o presidente, como é costume na Casa. Segundo a maioria dos líderes, o assunto já está resolvido e a urgência se tornou um “mero detalhe”. Caiado afirmou que o seu requerimento, com mais de 40 assinaturas, está na mesa de votações e terá de ser apreciado caso o presidente decida votar o projeto.
Caiado recebeu orientações de seu correligionário, o senador José Agripino (DEM-RN), para não pressionar Renan no plenário. Para Agripino, a matéria “tem chance zero de ser apreciada” este ano. “Uma coisa é certa, o requerimento de urgência para este ano inexiste, precisando retirar urgência ou não, isso é um detalhe”, declarou. Ele considera que a questão é “latente” e pode ser discutida “permanentemente”.
Apelo
Relator da proposta, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), fez um apelo no plenário para que a matéria seja apreciada. “Nosso foco é o abuso, não é a autoridade”, disse. Ele também negou que tenha havido um acordo com os ministros do Supremo para que o projeto de abuso de autoridade não seja votado. “Não me consta que o Supremo Tribunal seja objeto de barganhas dessa natureza”, declarou na tribuna.
Ele rebateu ainda as críticas de que é preciso mais tempo para apreciar a proposta, lembrando que o projeto tramita no Senado há sete anos, e que a lei está desatualizada desde a década de 1960. Requião afirmou que, mesmo que o projeto fosse aprovado no Senado este mês, a sua tramitação levaria pelo menos um ano, pois ainda teria que ser apreciado nas comissões e no plenário da Câmara, podendo voltar ao Senado.
Em seguida, Renan evitou se comprometer com a votação da matéria, mas elogiou Requião. “Mais uma vez, cumprimento a bravura, a coragem, o patriotismo do senador Roberto Requião e quero dizer-lhe que a satisfação com que a Casa o viu indicado relator dessa importantíssima matéria é a mesma, é de incondicional apoio”, declarou o presidente do Senado.






‘Vaquinha’ pede R$ 500 mil para campanha em defesa do ex-presidente Lula
Um comitê organizado por apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está pedindo desde esta quinta-feira, 8, R$ 500 mil pela internet para ajudar na campanha em defesa do petista. A arrecadação faz parte da campanha “Um Brasil Justo pra Todos e pra Lula”, lançada no dia 10 do mês passado, reunindo políticos, artistas e intelectuais para denunciar o que Lula chama de “caçada judicial” contra ele e a “criminalização” do PT.
O grupo está pedindo dinheiro por meio de uma plataforma online de financiamento coletivo. O valor, afirmou a organização, servirá para patrocinar eventos, materiais de divulgação, ações internacionais, administração e custos do crowdfunding. Do total arrecadado, 40% serão destinados para bancar custos de comunicação em site, redes sociais, rádio, televisão e internet.
Como recompensa, a plataforma oferece desde a citação do colaborador no site da campanha e vídeo de agradecimento até exemplares de livros que defendem o ex-presidente, de acordo com o valor da doação. O site destaca que só serão aceitas doações de pessoas físicas. As transferências podem ser feitas até o dia 24 de dezembro.
Os organizadores citam que os objetivos da campanha são resistir à “onda de retrocessos em todos os níveis que toma conta do País”, contribuir para discussões que levem à antecipação das eleições diretas de 2018 e ajudar a romper o “cerco jurídico-midiático” que prejudica o petista.
A “vaquinha” está sendo divulgada nas redes sociais oficiais de Lula, que nas últimas semanas tem investido em eventos pelo País para atacar a força-tarefa da Lava Jato, a qual diz que é formada por “moleques” que envergonham o Ministério Público. Ele também critica o juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba, e alega que o magistrado aceita denúncias “sem provas” contra ele.
Aliados. Entre os organizadores da campanha estão a presidente da União Brasileira dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, o ex-coordenador da Equipe de Discursos da Presidência no governo Lula Carlos Tibúrcio, a ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres no governo Dilma Rousseff Eleonora Menicucci, o jornalista Fernando Morais, o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, o coordenador nacional do Movimento Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, e o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas.
O ex-presidente responde a três inquéritos e é réu na 13.ª Vara Federal de Curitiba. A defesa de Lula, diante das acusações, apresentou uma petição contra Moro no Comitê de Direitos Humanos, das Nações Unidas, em Genebra. O órgão ainda analisa a ação de Lula, que diz serem “arbitrárias” as ações do juiz da Lava Jato.





VEJA MUITO MAIS 

NAS POSTAGENS ANTERIORES 

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Blog Siga Fábio Júnior Venceslau




Governo do RN anuncia calendário de pagamento para parte dos servidores
Resultado de imagem para notas dinheiro gifsResultado de imagem para robinson faria gifs

O Governo do RN continua o pagamento do funcionalismo, a partir do próximo sábado (10), pelos 72 mil servidores que recebem até R$ 4 mil. Não haverá distinção entre ativos, inativos e pensionistas.
Os demais servidores que ganham acima de R$ 4 mil terão os vencimentos depositados no decorrer de dezembro, a partir da disponibilidade de caixa. Os funcionários ativos da Educação e dos órgãos da Administração Indireta que possuem recursos próprios já receberam os salários desde 30 de outubro.
Em relação ao 13º salário, o Governo e o Fórum Estadual dos Servidores vêm acompanhando juntos a movimentação das receitas e buscando as alternativas para quitar o benefício.






União deve liberar dinheiro da repatriação a Estados sem garantia de ajuste fiscal
temer-pensando
Os governadores e a União devem assinar nesta quarta-feira, 7, o acordo que prevê a divisão dos valores arrecadados com a multa da repatriação com os Estados. A minuta do acordo, à qual o Broadcast, sistema de informações em tempo real do Grupo Estado,teve acesso, deixa de fora qualquer contrapartida fiscal e prevê apenas a extinção da ação movida pelos governos regionais no Supremo Tribunal Federal (STF).
Uma audiência está agendada para amanhã às 17h com a ministra do STF Rosa Weber, relatora da ação movida por 16 Estados. Na ocasião, os governadores pretendem formalizar o acordo na presença de representantes da União. O Broadcast apurou que os governadores já assinaram o documento e que eles teriam recebido sinalização de que o governo federal ratificará o acerto.
Nos termos do acordo, a previsão é que a transferência dos recursos (pouco mais de R$ 5 bilhões que serão divididos por todas as unidades da federação) ocorra na parcela do dia 10 de dezembro referente ao Fundo de Participação dos Estados (FPE). Como cai num sábado, a parcela decenal deve ser paga na segunda-feira, 12.
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse em outras ocasiões que tinha “interesse” em pagar o dinheiro da multa aos Estados ainda este ano. Mas o governo federal pretendia vincular a liberação à assinatura de um pacto de austeridade, o que provocou revolta entre governadores, principalmente da região Nordeste, principal beneficiada no rateio do FPE.
Desde a semana passada, os governadores vinham pedindo que o dinheiro da multa e as medidas de ajuste fiscal nos Estados fossem discutidas de forma separada. Segundo eles, o governo consentiu nessa demanda, o que viabilizou a proposição da minuta de acordo que deve ser homologada amanhã.
Caso a União volte atrás na última hora, os governadores já têm um plano B: pedir à ministra Rosa Weber que libere, em caráter liminar, os recursos que já foram bloqueados pela magistrada. Mas essa hipótese é considerada remota, segundo fontes ouvidas pelo Broadcast. O repasse do dinheiro é crucial para que alguns Estados tenham dinheiro suficiente para fazer frente a despesas de fim de ano, como o pagamento de 13º salário de servidores.
Essa é apenas uma das ações em que os Estados disputam recursos com a União no STF. Hoje, alguns governadores se reuniram com o ministro Teori Zavascki para tentar uma decisão favorável em relação à divisão da Cide-combustíveis. Os governos estaduais têm direito a uma parcela da arrecadação com o tributo, mas a União tem descontado 30% desse valor, referente à desvinculação de receitas permitida pela legislação federal. Os Estados argumentam, contudo, que a DRU atinge apenas receitas da União, sem incidir sobre transferências aos governos regionais.
Novos empréstimos
Após concordar em discutir a repartição da multa do programa de repatriação de forma separada, o governo federal tratou de incluir outra imposição no acordo com os Estados para o ajuste fiscal. A ideia é que garantias para novos empréstimos sejam liberadas apenas após o andamento das medidas de austeridade.
A condição revoltou uma ala de governadores, que pedia maior debate sobre esse ponto. Mas, de acordo com o governador do Piauí, Wellington Dias, o grupo está caminhando para um consenso em torno da manutenção das análises já em andamento e de direcionar a limitação apenas aos pedidos protocolados após o acordo. “A ideia é (a restrição) valer para frente”, afirmou.






Petrobrás sobe preço e impacto na gasolina pode chegar a R$ 0,12/litro
Resultado de imagem para posto gasolina gifs
etanol-posto-gasolina-2
Menos de um mês após reduzir o preço da gasolina, a Petrobrás anunciou nesta segunda-feira, 5, reajuste do combustível de 8,1%, em média, em suas refinarias. Para o consumidor final, o litro pode ficar R$ 0,12 mais caro, se o aumento for repassado integralmente. O preço do litro do óleo diesel também subiu: 9,5%, em média na refinaria, ou, se repassado integralmente, R$ 0,17 na bomba. Essa foi a primeira vez que a companhia elevou os preços da gasolina e do diesel desde outubro de 2015.
O aumento foi decidido por um comitê da executivos da empresa, que levou em conta as oscilações da cotação internacional do petróleo e dos seus derivados, além da taxa de câmbio “no período recente”.
A Petrobrás afirmou, em comunicado, que também avaliou “pequenos sinais de recuperação” da sua participação do mercado interno de diesel. E reafirmou que revisará os preços, “pelo menos uma vez a cada 30 dias”, o que lhe garante flexibilidade para se adaptar às movimentações do mercado, dessa vez, pautado pela valorização do preço do barril do petróleo.
Efeito
A última revisão dos preços dos combustíveis, para baixo, ocorreu há menos de um mês, no dia 8 de novembro, quando o preço da gasolina na refinaria foi reduzido em 3,1% e o do óleo diesel, em 10,4%. O consumidor não chegou a ser beneficiado, porque os ganhos se diluíram entre a distribuição e revenda de combustíveis.
Na época, com o fim das eleições presidenciais nos Estados Unidos, analistas já previam a escalada dos preços, mas a estatal optou por baixá-los, com o argumento de que assim preservaria espaço de mercado, que estava sendo tomado por importadores. Essa foi a segunda revisão desde que o presidente da companhia, Pedro Parente, anunciou que os preços seriam avaliados mensalmente e acompanhariam as oscilações internacionais. No dia 14 de outubro, o preço da gasolina caiu 3,2% e o do diesel, 2,7%.
O diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) Adriano Pires avalia a medida como positiva, uma vez que mostra que a política de preços anunciada em outubro está sendo colocada em prática. “A Petrobrás está seguindo a tendência do mercado internacional e mostrando que a diretoria tem autonomia para fazer a política de preços”, afirmou.
O especialista destacou que o anúncio aponta para o fim da interferência do governo na formulação dos preços da gasolina e diesel, que, em sua opinião, foi uma marca do governo petista. “Mostrou claramente que a política de preços agora não é mais feita pelo Ministério da Fazenda, ou seja, não é mais usada para controlar a inflação nem para aumentar a popularidade do governo.”
Pires diz que desde a última queda dos preços houve uma forte desvalorização do real frente ao dólar, resultado da eleição do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Ao mesmo tempo, na semana passada foi anunciado o acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para corte de produção, o primeiro desde 2008. Após isso, destacou, o petróleo subiu mais de 10%.






TCE emite parecer pela aprovação com ressalvas das contas de Robinson Faria
O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) decidiu emitir parecer prévio favorável à aprovação, com ressalvas, das contas do governador Robinson Faria relativas ao exercício financeiro de 2015.
O parecer será enviado para a Assembleia Legislativa do RN, a quem cabe, com base na análise da Corte, julgar as contas do Governo.
O Tribunal de Contas irá abrir processos autônomos para apurar fatos constatados pela equipe técnica, entre eles o descumprimento das exigências legais para abertura de créditos suplementares. Além disso, a decisão estabeleceu a inclusão de quatro temas no Plano de Fiscalização Anual.





Plenário do STF deve tirar Renan de vez, avaliam especialistas
Reprodução
O futuro do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) é incerto, mas provavelmente seu afastamento da presidência do Senado será mantido no Supremo Tribunal Federal, segundo avaliação de advogados e juristas.
Na segunda-feira, 5, o ministro Marco Aurélio deu liminar para ordenar o afastamento de Renan. O ministro acolheu pedido da Rede.
A demanda agora está sob responsabilidade do Plenário do STF. Alguns especialistas trabalham com a hipótese de que a liminar de Marco Aurélio será derrubada uma vez que o julgamento que afasta réus da linha de sucessão do presidente da República não foi concluído.
Nesta terça, 6, a Mesa Diretora do Senado decidiu desafiar Marco Aurélio mantendo Renan na cadeira número 1 do Congresso.
Ao comentar a polêmica que se formou em torno da permanência ou não de Renan, a advogada constitucionalista Vera Chemim lembra do caso do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e a liminar concedida antes da análise do Plenário, ressaltando que, para ocupar a presidência da República, o presidente da Câmara deve preencher os “requisitos mínimos” estabelecidos pela Constituição para o exercício do cargo. Entre eles, não ser réu em processos penais no Supremo.
‘Diante dessa imposição constitucional ostensivamente interditiva, não há a menor dúvida de que o investigado não possui condições pessoais mínimas para exercer, neste momento, na sua plenitude, as responsabilidades do cargo de presidente da Câmara dos Deputados, pois ele não se qualifica para o encargo de substituição da Presidência da República, já que figura na condição de réu no Inq. 3.983, em curso neste Supremo Tribunal Federal’, complementou o ministro Teori Zavascki, na ocasião.
Para a advogada, Teori usou a Constituição para afastar Cunha. “Seguindo essa mesma linha de raciocínio, será muito difícil o plenário do STF derrubar a liminar do ministro Marco Aurélio”, diz Vera Chemim.
Mas ela ressalta que há duas formas de interpretação que podem desembocar em posições antagônicas. “A primeira forma de interpretação vai ao encontro da futura e provável posição a ser adotada pelo STF.
O artigo 86, § 1º e incisos I e II, remete às infrações penais comuns e aos crimes de responsabilidade do presidente da República e, por analogia, aos cargos que podem substituir aquele, no caso de seu impedimento: vice-presidente, presidente da Câmara dos Deputados, presidente do Senado Federal e presidente do Supremo Tribunal Federal. Neste caso, os detentores daqueles cargos ficarão suspensos das suas funções, enquanto possíveis e futuros ‘substitutos’ do presidente da República”, argumenta a advogada.
“A segunda forma de interpretação pode ser denominada de ‘literal’, quando se tende a aplicar a norma constitucional, de acordo como ela está expressa no texto constitucional, o que equivale a afirmar que os demais cargos tendentes a substituír o presidente da República não serão incluídos no artigo 86, enquanto não assumirem, no caso concreto, a função de presidente da República. Assim, o presidente do Senado, enquanto tal, só poderia perder efetivamente o seu cargo e/ou mandato pela própria Casa, conforme determina o artigo 55 da Constituição Federal de 1988”.
Tomando por base a primeira interpretação, há quem afirme que a decisão do ministro Marco Aurélio é constitucional, o que deve possivelmente ser ratificado pelo Plenário do STF, segundo a advogada. “Contudo, quem comunga da segunda interpretação considera inconstitucional a decisão do ministro Marco Aurélio, uma vez que o presidente do Senado Federal não ‘é’ de fato presidente da República.”
Para a advogada, se os ministros do STF que já votaram conservarem a sua posição original, os defensores da segunda interpretação considerarão que aquela provável decisão afrontará a Constituição Federal de 1988, e a corte assumirá uma postura considerada ativista. “A despeito daquelas interpretações, é provável que, desta vez, Renan Calheiros, mais cedo ou mais tarde, terá que se despedir definitivamente daquela Casa, espontaneamente ou via processo, no mínimo, no âmbito do Poder Legislativo, levando-se em conta o atual contexto político e social”, diz. A advogada lembra, ainda, que ‘nos dois casos, de Cunha e de Renan, a decisão foi inicialmente monocrática do relator’.
Para o criminalista Daniel Bialski, sócio do Bialski Advogados , o STF, por equidade, deve manter a decisão tomada no caso Eduardo Cunha. “O STF já avaliou esta questão e firmou entendimento de que nenhum agente público que esteja na linha de sucessão da Presidência pode ser réu. A Constituição é clara, excepcionando o princípio da presunção de inocência, neste caso, já que a cadeira de presidente deve ser cercada de moralidade, probidade e integridade, o que não se coaduna com alguém que está respondendo ação penal”, assinala Bialski.
A advogada Conceição Aparecida Giori, sócia do Oliveira Campos & Giori Advogados, discorda. Ela diz que o afastamento do presidente da Câmara ou do Senado, sob a justificativa de que eles podem figurar na linha de sucessão presidencial, ‘é pífia’.
Segundo Giori, não é necessário afastá-los para impedir tal fato. “A Constituição já o fez quando inseriu como condição de afastamento automático do presidente o recebimento contra si de denúncia. Isso significa que, na linha sucessória, Renan estaria impedido de figurar, mas não impedido de manter seu cargo de presidente do Senado. O ministro Gilmar Mendes, quando votou pelo afastamento de Cunha, utilizou o artigo 86, §1º, I da CF para dizer que ele precisaria ser afastado também para ser impedido de assumir a presidência da República. Mas o mesmo artigo 86 §1º, I da Constituição já o impedia, uma vez que Cunha já tinha contra si denúncia recebida.”






Resultado de imagem para promoções gifs



Mercadinho São José!
Grandes Promoções!
Venha aproveitar!
Natal de Preços Baixos ate o dia 15 de Dezembro de 2016. 
Mercadinho São José no Bairro Alto da Ema.

Organização: Dito & Euraxsandra Florencio
* Melhor Atendimento
* Entrega Rápida
* As melhores formas de pagamento.
Resultado de imagem para promoções gifs
CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO E CONFIRA TODAS AS OFERTAS E PREÇOS ESPECIAIS 



Resultado de imagem para promoções gifs







Machismo recua, mas 23% condenam roupa curta de mulher
Recentemente, alguns pararam de se referir a mulheres por termos como “piranha” ou “vagabunda” (8%), outros deixaram de cantá-las na rua (18%). Alguns não mais as criticam por usarem roupas curtas ou decotadas (11%), e existem ainda aqueles que deixaram de tentar se aproveitar de uma mulher bêbada (2%).
Apesar disso, há igual número de homens que admitem ainda se referir a mulheres como “piranhas” ou “vagabundas” (8%), outros que declaram cantar mulher na rua (19%). Quase um quarto reconhece criticá-las por usarem roupas curtas ou decotadas (23%), e poucos que assumem se aproveitar quando elas beberam (1%).
O retrato pintado pela pesquisa “O papel do homem na desconstrução do machismo”, encomendada pelo Instituto Avon, aponta que, apesar de haver avanços, os entraves para a superação do machismo são muitos.
Os dados, do Instituto Locomotiva, sugerem, no entanto, que o engajamento dos homens é essencial neste processo e que conversar sobre o tema é o melhor remédio.
De um lado, 44% dos homens afirmaram que ser chamado de machista não o engajaria na luta pelos direitos da mulher. Para mais de metade daqueles que deixaram de lado comportamentos machistas nos últimos tempos, porém, a mudança foi motivada por uma conversa pessoal com alguém próximo (54%).
Dentre esses, 34% mudaram porque um amigo ou parente homem falou para que não fizesse aquilo.
A pesquisa, que entrevistou homens e mulheres, mostra que 87% consideram que parte da população é machista, mas apenas 24% se consideram machistas. Em outra resposta, fica flagrante a persistência da cultura machista: só metade (52%) dos homens avalia não haver problema em uma mulher trabalhar fora e o marido cuidar da casa.
Questionados sobre atitudes para evitar o preconceito e a violência contra a mulher, 37% avaliaram que ensinar os filhos a respeitar as mulheres é o mais importante.






VENCESLAU PEÇASEM PAU DOS FERROS RN






Projeto isenta servidores do pagamento de multas e juros dos tributos estaduais
1
O Projeto de Lei 119/16, de autoria do deputado Tomba Farias (PSB), que isenta do pagamento de multas e juros dos tributos estaduais pelos servidores público do Estado foi um dos destaques entre as 15 matérias analisadas e votadas na reunião da Comissão de Justiça e Redação (CCJ) realizada na manhã desta terça-feira (6). A iniciativa, aprovada por unanimidade, vai beneficiar os servidores da administração estadual que estiverem com seus rendimentos em atraso.
“Esse é um projeto de cunho social muito importante para os servidores do Estado, principalmente no momento de crise econômico-financeira. O Projeto autoriza o Poder Executivo a isentar de multa os servidores que estão com o pagamento dos tributos em atraso”, afirmou o relator da matéria, deputado Albert Dickson (PROS).
Em sua justificativa, o deputado Tomba Faria escreveu que “o atraso do pagamento dos servidores estaduais já entra no terceiro mês consecutivo sem que o Governo repasse a correção monetária aos servidores, também prevista na Constituição Estadual, quando não efetuado o pagamento no último dia do mês trabalhado”. A matéria segue agora para a Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho e posteriormente ao plenário da Assembleia Legislativa para votação final.



Tudo que você procura em um único lugar. Você Sonha, a Gente Realiza









UERN/CAMEAM publica edital do Curso de Mestrado Acadêmico em Ensino para 2017, em parceria com IFRN e UFERSA
O Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE), vinculado ao Departamento de Educação do Campus Avançado “Profa. Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), publicou edital de Curso de Mestrado Acadêmico em Ensino (CMAE).
O Mestrado é ofertado pela UERN, em parceria com o Campus Pau dos Ferros do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e com a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), por meio de Acordo Formal de Cessão de Servidor, respeitando e articulando as normas internas do Regimento Geral de cada uma das instituições parceiras.
O edital disponibiliza 25 (vinte e cinco) vagas distribuídas entre 3 linhas de pesquisa. Linha 1: Ensino de Ciências Exatas e Ambientais (8 vagas); linha 2: Ensino de Ciências Humanas e Sociais (10 vagas); linha 3: Ensino de Línguas (7 vagas).
As inscrições devem ser feitas no período de 13 a 20 de março de 2017, presencial ou via correios, conforme normas estabelecidas no Edital. A homologação das inscrições deve ser divulgada a partir do dia 28 de março.
Veja mais informações AQUI.

*Blog do Capote






.


TERMINAL TURÍSTICO NA CIDADE DE ANTÔNIO MARTINS RN











Na Hora de fazer a sua feira vá direto ao Mercadinho Santo Antônio

Grande Promoção do Mercadinho Santo Antônio
Qualquer compra a partir de R$ 10,00 Reais você concorre há um super Show de Prêmios.
Venha aproveitar
Você pode levar pra casa:
* 01 Fogão 04 Bocas 
* 01 Tv 32 Polegadas
* 01 Ventilador ARNO turbo Silêncio.

*1 lindo Forno Microondas.

Sorteio dia 31 de Dezembro de 2016.

Mercadinho Santo Antônio
Os melhores preços, o lugar onde você compra e pode ganhar muitos prêmios.
Venha conferir os melhores preços da cidade no varejo & no atacado.

Organização: George



J J PORTÕES EM ANTÔNIO MARTINS RNCLIQUE AQUI NA FOTO PARA VER VÍDEO









JP Borrachas e Parafusos









VEJA MUITO MAIS 

NAS POSTAGENS ANTERIORES